PORTIFÓLIOTEATRO

Projetos de produção e circulação de espetáculos de teatro

CRED MATIAS DALA STELLA 12.jpg
STATUS DO PROJETO:

Estreou em 2012

Arquivo

JERUSALÉM
 

Baseado no romance homônimo do autor português Gonçalo M. Tavares, o espetáculo Jerusalém explora outras possibilidades de relações entre as personagens da obra literária e apresenta cinco personagens presas num mesmo espaço ficcional denominado “Jerusalém”: Um médico que estuda a história do horror através dos tempos, uma mulher que se diz esquizofrênica e passa os dias a cuidar de um bebê inexistente aos olhos dos demais, uma prostituta sem coragem de ir embora, um veterano de guerra que odeia crianças, e uma jovem vítima de violência sexual que aguarda o regresso da mãe (esta última, personagem extraída de outro romance do mesmo autor, “Um homem: Klaus Klump).

     O choque das realidades individuais de cada personagem, somado ao seu isolamento em relação ao mundo os leva a desenvolver entre si as mais diversas possibilidades de relações. O tom da obra segue o da pesquisa do personagem Theodor, o médico. Exploramos na construção da dramaturgia os mecanismos de instauração do jogo torturador e torturado renovando-se de forma cíclica, enquanto em plano de fundo se discute o horror generalizado: a guerra, os genocídios, a exploração. A dramaturgia fragmentada e de episódios não causais permite a cada espectador criar sua própria narrativa.

     Três outras referências fundamentais foram as obras do pintor Egon Schiele, nas quais se baseou a visualidade da peça e a pesquisa de corporeidade dos atores; o livro “Diante da dor dos  outros” de Susan Sontag, de onde surgiram discussões que orientaram a abordagem e edição do material de cena; e as fotografias de guerra de Robert Kappa, através das quais surgiram imagens e marcações do espetáculo.

      “Jerusalém” estreou em Dezembro de 2012 tendo sida apresentada depois na Mostra de Teatro da Faculdade de Artes do Paraná em Agosto de 2013, ocasião na qual contou com a presença de Gonçalo M. Tavares, autor do romance do qual se originou a montagem. A peça foi apresentada também no Festival Psicodália (Rio Negrinho-SC. Março de 2014) no Festival de Teatro de Curitiba, Mostra Fringe (Abril de 2014) e Festival Internacional de Blumenau (Julho de 2014) tendo sido indicada aos prêmios de melhor figurino, sonoplastia, ator, atriz e espetáculo, e sido premiada nas categorias de melhor iluminação e direção. Em Agosto de 2014 o espetáculo fez curta temporada no Auditório Antonio Carlos Kraide (Curitiba) e recebeu o convite para encerrar a Mostra de Teatro da cidade de Pato Branco (PR) que se realizou em Setembro de 2014

FICHA TÉCNICA
 

A partir da obra de Gonçalo M. Tavares

Texto e direção: Rodrigo Hayalla

Elenco: Ali Freyer, Janaína Michelluzzi, Juliane Souto e Lígia Quirino e Rodrigo Hayalla

Sonoplastia: Renan D’Ávilla

Iluminação: Érica Mityko

Figurino: Ali Freyer

Operador de Luz: Erica Mityko

Operador de Som: Emmanuel Faria

Cenotecnico: Sergio Richter

Designer Gráfico: Pablito Kucarz

Produção: Rodrigo Hayalla

Produção: Pinguim Produções

Realização: Grupo P.U.T.O.

FOTOS 
 

Créditos: Mathias Dalla Stela